Layer 10.png
Image-empty-state.png

Marcos Nimrichter

Acordeon & Piano

Pianista, acordeonista, compositor, arranjador, produtor musical, professor e apresentador de TV. Participou de shows, concertos e álbuns de artistas como Chico Buarque, Milton Nascimento, Hermeto Pascoal, Paulo Moura, Michel Legrand, Wynton Marsalis, Al Jarreau, Roberto Menescal, Elza Soares, Martinho da Vila, Cássia Eller e Maria Bethânia. Em 2004, recebeu o Grammy Latino por sua participação no álbum “Jobim Sinfônico”, onde atuou como solista. Foi o apresentador e anfitrião do programa de TV “Estúdio 66”, do Canal Brasil (2009-2011), onde recebeu diversos artistas para improvisações. Dentre eles, João Bosco, Caetano Veloso e Ed Motta. É integrante das bandas Ouro Negro e do Novo Quinteto. Desde 2001 vem atudando como solista convidado de orquestras como a Orquestra Petrobrás Sinfônica, Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), Orquestra Ouro Preto e Orquestra Sinfonia Brasil. Com essa última, gravou o raro Concerto para Acordeon e Orquestra de Cordas, de Radamés Gnattali. Em 2013 criou o Marcos Nimrichter Trio, onde atua como líder. Com este grupo lançou em 2016 o álbum “Trio$” (independente/Mills Records), e em 2018 lançou o álbum “Ao Vivo no Municipal”, (gravado no Teatro Municipal de Niterói com as participações especiais de Marcelo Martins e Paulinho Guitarra). Atuação como solista e convidado em gravações, gerou uma vasta discografia: Symphonic Jobim; Ouro Negro - A Música de Moacir Santos; Choros & Alegria - Moacir Santos; Radamés em Companhia (com Caio Marcio); Novo Quinteto - Radamés Gnattali 100 anos; Tangos Tropicais - Victor Biglione; Querência (CD and DVD); Tributo a Radamés Gnattali; Dossiê Jango (trilha sonora); Baião Mineiro (com Elder Costa); Trio$ e Ao Vivo no Municipal.Vencedor do Prêmio Jacob do Bandolim, no 6º Rio Choro com a composição “Maionese na Roda”.


Bacharel em Piano e Composição pela UFRJ, técnico em Piano pelo Conservatório Santa Cecília; Estudou Harmonia Funcional e Improvisação com o professor Sérgio Benevenuto.

Como professor convidado lecionou harmonia e piano na UFRJ, e em oficinas, workshops e cursos intensivos pelo Brasil, como a Oficina de Música de Curitiba, Curso Internacional de Verão (Brasília) e Festival de Música de Londrina, dentre outros, também ministrou workshops e atuou como professor em universidades estrangeiras, como a UNO (University of New Orleans) e a Swarnabhoomi Academy of Music (Tamil Nadu, Índia). É professor de Piano da Escola de Música Villa-Lobos há dois anos, e de Acordeon, desde o início do segundo semestre de 2020.